Arquivo da tag: igreja

Lavagem cerebral

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 11 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Ontem fui à missa da Igreja Católica. Deixo a reflexão e a explicação do título por conta de vocês.

Primeira leitura – Confie ou vá ao inferno

Se resume em: Maldito quem confia no homem; bendito quem confia no Senhor

Homem pecador vai pro inferno, quem está com Deus vai pro céu. É impossível viver sem Deus. Quem vive sem Deus vive sem amor no coração, é uma pessoa má, triste e emo.

Jeremias 17, 5-8

5 Eis o que diz o Senhor: “Maldito quem confia no homem e põe na carne toda a sua esperança, afastando o seu coração do Senhor. 6 Será como o cardo na estepe que nem percebe quando chega a felicidade: habitará na aridez do deserto, terra salobre, onde ninguém habita. 7 Bendito quem confia no Senhor e põe no Senhor a sua esperança. 8 É como a árvore plantada à beira da água, que estende as suas raízes para a corrente: nada tem a temer quando vem o calor e a sua folhagem mantém-se sempre verde; em ano de estiagem não se inquieta e não deixa de produzir os seus frutos”.

Segunda leitura – Lógica corintiana

São Paulo mandou uma carta ao Corinthians que, ao invés de prever o resultado do jogo que vai acontecer hoje às 16h (e São Paulo vai ganhar), criava uma lógica totalmente nonsense que não entendo como o clero ainda permite que ela fosse lida ainda hoje:

Coríntios 15, 12.16-20

Irmãos: 12 Se pregamos que Cristo ressuscitou dos mortos, porque dizem alguns no meio de vós que não há ressurreição dos mortos? 16 Se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. 17 E se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, ainda estais nos vossos pecados; 18 e assim, os que morreram em Cristo pereceram também. 19 Se é só para a vida presente que temos posta em Cristo a nossa esperança, somos os mais miseráveis de todos os homens. 20 Mas não. Cristo ressuscitou dos mortos, como primícias dos que morreram.

Eu achei que eles dissessem que Cristo era um deus superior, não um mortal normal que ressucita assim como todos os outros.

Evangelho – socialista, mas com um comentário capitalista depois

São Lucas 6, 17.20-26

Naquele tempo, 17 Jesus desceu do monte, na companhia dos Apóstolos, e deteve-Se num sítio plano, com numerosos discípulos e uma grande multidão de toda a Judeia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e Sidónia. 20 Erguendo então os olhos para os discípulos, disse: 21 Bem-aventurados vós, os pobres, porque é vosso o reino de Deus. Bem-aventurados vós, que agora tendes fome, porque sereis saciados. 22 Bem-aventurados vós, que agora chorais, porque haveis de rir. Bem-aventurados sereis, quando os homens vos odiarem, quando vos rejeitarem e insultarem e prescreverem o vosso nome como infame, por causa do Filho do homem. 23 Alegrai-vos e exultai nesse dia, porque é grande no Céu a vossa recompensa. Era assim que os seus antepassados tratavam os profetas. 24 Mas ai de vós, os ricos, porque já recebestes a vossa consolação. 25 Ai de vós, que agora estais saciados, porque haveis de ter fome. Ai de vós, que rides agora, porque haveis de entristecer-vos e chorar. 26 Ai de vós, quando todos os homens vos elogiarem. Era assim que os seus antepassados tratavam os falsos profetas.

Jesus Cristo era um cara muito gente boa. Pena que tanta gente o confunde com Deus. Por que ele não pode ser simplesmente um filósofo admirado pelas pessoas?

Mas como eu ia dizendo no título, o evangelho é socialista, mas o comentário do padre foi totalmente capitalista. Ele disse assim: Jesus não se refere aos ricos como aqueles que trabalham duro pra conseguir o seu dinheiro, mas aqueles que roubam, que conseguem seu dinheiro maltratando o outro, etc Ou seja, foda-se o resto se você conseguiu o seu dinheiro trabalhando. O padre já entrou na nossa lógica, trabalho é dinheiro, quem trabalha ganha. Não é uma lógica errada, mas ele indiretamente diz que quem é rico mas conseguiu esse dinheiro “justamente” não precisa ajudar os pobres. Não acho que foi isso que Jesus quis dizer.

Conclusão

Além dos textos, tocaram várias músicas do tipo “Eu confio em Deus, temos que confiar em Deus”. A missa é claramente um local de lavagem cerebral. Mas é engraçado que parece que o padre e toda aquela gente que organiza a Igreja aqui confia cegamente no que está dizendo, então eles também são vítimas. Não sei quem organiza essa “filosofia for dummies”. Será o Vaticano podre-de-rico? É bem provável…

Isso não é uma crítica a quem acredita. Vocês acreditam sem nem conseguir não acreditar, porque já estão acostumados com isso desde que nasceram. Eu tenho pena de vocês, mas nada contra – é sério. E alguns de vocês até tentam levar a sério a mensagem, que é algo legal – fora a lavagem cerebral. Pena que essa mensagem não é levada a sério pelos poderosos que “acreditam em Deus” mas não estão nem aí pra “palavra de Deus” e pros ideais socialistas de Jesus Cristo.

Ideal seria todo mundo ir à Igreja para discutir a sociedade e poderia até ser regido a esses evangelhos de histórias de Jesus Cristo, mas também de outros filósofos – e sem essa estupidez de “O senhor é meu pastor e nada me faltará.”

E, por favor, sem comentários como a lógica de Pascal e esse da Patrícia. Agora falando sério… Como já disse nosso querido amigo Nietzsche:

“Não há amor e bondade suficientes no mundo, para que ainda se possa oferecê-los a seres imaginários”