Tiago Madeira

Cotidiano

Bicicleta roubada

31/01. 20h.

Um indivíduo tirou o cadeado da minha Caloi Terra 21v vermelha e azul. Saiu correndo pela rua Camboriú. No centro da cidade, na frente da casa da Carol. Bem na hora que eu estava saindo pra pegar a bicicleta. No começo laggei. Nessas situações eu sempre bóio alguns segundos até perceber o que está acontecendo. Eu vi de longe o cara correndo. Tentei correr atrás do cara. Sujeito negro, camiseta branca, calção preto e chinelo. Desisti.

Liguei pra polícia. Cinco minutos de perguntas e do policial com uma calma impressionante no telefone. Com uma determinação incrível, 10 minutos depois, o ladrão já poderia estar em Balneário e o policial afirma: “Vamos mandar uma viatura”. Ótimo.

Aí fui à delegacia e registrei o BO. A polícia não tá nem aí. Devem ter coisas mais importantes pra se preocupar. Itajaí deve ter uns 50 roubos de bicicleta por dia. A cidade é reta, todo mundo anda de bicicleta.

Anteontem, num ponto de ônibus, um desconhecido ficou contando por mais de 15 minutos como roubaram a bicicleta dele e como estava perigoso deixar a bicicleta em qualquer lugar de Itajaí. Acho que era um sinal. Eu devia ter levado o estranho mais a sério.

Comentários

Renato Felipe Atilio

Compare Preços de: …. ladrão, serial killer, arma. ??? Hehehe.

Vinícius Silva

Perder a bicicleta é bem chato mas eu achei a parte “Sujeito negro, camiseta branca, calção preto e chinelo (aka malaco)” um pouco preconceituosa.

Tiago Madeira

Perder a bicicleta é bem chato mas eu achei a parte “Sujeito negro, camiseta branca, calção preto e chinelo (aka malaco)” um pouco preconceituosa.

Discriminação sua. Não é preconceito você dizer que alguém é branco, preto, amarelo, vermelho, azul, etc., mas sim você achar que é por isso que ele é um ladrão.

Mal Vicioso » A culpa é de quem?

[…] Bicicleta roubada. A culpa é de quem? Pense nas alternativas e responda nos comentários: […]

Tiago Madeira

Não, acho que você tá certo. Relendo o trecho percebi que passou o sentido de que o cara era um malaco por ser negro. =/ Eu nem tinha percebido isso enquanto escrevia… hehehe Editei o artigo! ;)

hlegius

Caracas.. e tu ainda viu ele indo embora com tua bicicleta ? osso hein =/ aah mas relaxa manin … espere que ele faça um bom proveito do roubo dele… o que vem fácil, vai fácil também e o barato, sai caro… tá vendo quantos ditados contra ele existem =) Mas sério… nem esquenta.. isso acontece, infelizmente… o pior é pobre que rouba pobre… porque não experimenta roubar um político :D Ou se o cara for esperto, rouba uma vez só pô… vai no banco e faz a rapa haueihae… olha os meus pensamentos … Sorte aí rapaz!

Tiago Celestino

Simplesmente está ficando horrivel o Blogger.com. Já venho pensando em migrar para o WordPress, que por sinal já estou fazendo testes :D

red

por isso que eu quero tirar porte de arma de fogo, imagina madeira tu vendo ele sair com a sua bicicleta amada e ter chance de recupera-lá! A policia civil é ineficiente aqui em SC, eles só servem para entrar de graça no warung para apartar brigas ou receber subornos de vendedores de “doces”… Infelizmente você nunca mais vai ver sua bicicleta mas você ganhou o espirito que negro é malaco e não pode confiar…

A violência no Brasil | novo-MUNDO - Vídeos legais, fotos interessantes e textos espetaculares!

[…] O Tiago Madeira rebateu minha solução de sair do país com outra: Mude-se para o mundo virtual. Ele “foi vítima da violência” 2 vezes nas últimas semanas. Perdeu uma bicicleta na primeira e na segunda foi abordado quando estava a caminho do shopping com sua namorada. Os assaltantes pivetes ainda tiveram a impáfia de negar o humilde celular do nosso amigo. […]

A culpa é de quem? » Tiago Madeira

[…] Bicicleta roubada. A culpa é de quem? Pense nas alternativas e responda nos comentários: […]

Obrigado! Seu comentário foi enviado e será publicado quando for aprovado.

Infelizmente ocorreu um erro ao enviar seu comentário.