Samba em Prelúdio

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 12 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

GeSHi Highlight funcionando! Página “oficial” de testes…

#include <stdio.h>
int main() {
   printf("Eu sem você");
}
program continuacao;
 
begin
   write('Não tenho porquê.');
end.
<?php
   echo "Porque sem você...";
?>
<html>
   <head>
      <title>Continuação</title>
   </head>
 
   <body>
      <p>Não sei nem chorar...</p>
   </body>
</html>
#!/bin/bash
 
echo "Sou chama sem luz..."
.jardim {
   sem:luar;
   luar:sem amor;
   amor:sem se dar;
}
document.write("Eu sem você...");
print 'Sou só desamor.'
INSERT INTO musica (letra) VALUES ('Um barco sem mar...');
<%
response.write("Um campo sem flor.");
%>
<?xml version="1.0">
 
<window id="janela" title="Continuação em XUL" xmlns="http://www.mozilla.org/keymaster/gatekeeper/there.is.only.xul">
<text id="resto" value="Tristeza que vai, tristeza que vem" />
</window>

E por aí vai… Heheh…

Um comentário sobre “Samba em Prelúdio

  1. Samba em Prelúdio

    (Vinicius de Moraes)

    Eu sem você
    Não tenho por quê,
    Porque sem você
    Não sei nem chorar.
    Sou chama sem luz,
    Jardim sem luar,
    Luar sem amor,
    Amor sem se dar.

    Eu sem você
    Sou só desamor.
    Um barco sem mar,
    um campo sem flor.
    Tristeza que vai,
    Tristeza que vem.
    Sem você, meu amor,
    Eu não sou ninguém.

    Ah, que saudade!
    Que vontade de ver renascer nossa vida…
    Volta querida!
    Os meus braços precisam dos teus,
    Teus abraços precisam dos meus.
    Estou tão sozinho…
    Tenho os olhos cansados de olhar para o além.
    Vem ver a vida…
    Sem você meu amor eu não sou ninguém.

Deixe uma resposta