As vantagens do software livre

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 7 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

(por Richard Stallman)

Pessoas de fora do movimento do software livre frequentemente perguntam sobre as vantagens práticas do software livre. É uma pergunta curiosa.

Software não-livre é ruim porque ele nega sua liberdade. Logo, perguntar sobre as vantagens práticas do software livre é como perguntar sobre as vantagens práticas de não ser algemado. De fato, isso tem vantagens:

  • Você pode usar uma camiseta normal.
  • Você pode passar por detectores de metal sem ativá-los.
  • Você pode ficar com uma mão no volante enquanto troca as marchas.
  • Você pode arremessar uma bola de baseball.
  • Você pode carregar uma mochila.

Nós poderíamos encontrar mais, mas você precisa dessas vantagens para convencê-lo a rejeitar algemas? Provavelmente não, porque você entende que é a sua liberdade que está em jogo.

Uma vez que você percebe que é isso que está em jogo com software não-livre, você não precisa perguntar que vantagens práticas o software livre possui.

Original (em inglês): http://www.gnu.org/philosophy/practical.html

5 comentários sobre “As vantagens do software livre

  1. O problema é que é um exercício difícil para a maioria dos usuários de software proprietário sentir-se algemado. Como ajudá-los nisso, se é que isso é possível ou sequer desejável?

    1. Esclarecimentos:
      (i) onde se lê “sentir-se”, eu tive intenção de dizer “perceber-se”.
      (ii) questionar se isso é desejável não significa que minha opinião pessoal seja a de que NÃO É… pelo contrário.

    2. Eu geralmente aponto isso ao meu pai quando ele encontra alguma coisa que ele não pode mudar no Windows dele =) o exemplo mais recente foi quando ele disse que queria fazer alguma coisa com o Internet Explorer, não me lembro direito o que.. (ele usa Windows XP).

Deixe uma resposta