Paradoxo do medo de errar

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 8 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Meu primo tuitou há alguns minutos que “o maior erro na vida é ter medo de errar” e a frase me deixou pensativo.

Suponha que você leia essa frase e resolva “Então, para não errar, não vou ter medo de errar”. Nesse caso você está tendo medo de um erro (o erro seria o medo de errar); absurdo!

Suponha, por outro lado, que você leia essa frase e resolva “Então vou continuar com medo de errar.” Neste caso, você está cometendo o maior erro (sem medo dele), então você perdeu o medo de errar. Absurdo novamente!

Portanto, conclui-se que o maior erro na vida não deve ser o medo de errar. qed.

PS: Perdoem-me por possíveis falhas, tive que escrever correndo para não me atrasar para o tango.

4 comentários sobre “Paradoxo do medo de errar

  1. Usei as duas primeiras frases pra chegar a qual o maior erro da vida.

    m = ter medo de errar
    e = errar
    M = praticar o maior erro de todos

    m ⇔ M = “O maior erro na vida é ter medo de errar” [1]

    !m ⇒ !e = “Então, para não errar, não vou ter medo de errar” [2]
    Mas !m ⇔ !M (por 1) e, portanto, !M ⇒ !e [3]

    3 é equivalente a e ⇒ M [3′], isto é, errar é praticar o maior erro de todos. Agora, obviamente, praticar o maior erro de todos é também errar e M ⇒ e [4].

    Concluímos por 3′ e 4 então que o maior erro da vida é errar (M ⇔ e) [5].

    Aliás, m = “Então vou continuar com medo de errar” [6]
    Então M acontece (por 1) e consequentemente e acontece (por 5). Como 2 é equivalente a e ⇒ m, temos que e ⇔ m.

    Logo, e ⇔ m ⇔ M. O maior erro do mundo é errar e ter medo de errar ao mesmo tempo.

    Podemos concluir que ter medo de errar é errar e que TODOS os erros são os maiores do mundo. E que ter medo de errar é um erro (esta seria a contradição da segunda frase, mas não há equivalencia aí, certo?). Acho que na terceira frase, você assumiu que o maior erro do mundo é único (sob as minhas hipóteses, ele é tão banal quando qualquer outro erro).

    1. Usei <~> para denotar equivalência. Não apareceu no meu comentário pois eu acho que o WordPress entendeu ser uma tag html inválida hehehe. Mas aonde ela deveria estar está óbvio.

      Abraços.

  2. VOCÊS FUMARAM ?

    NADA VER O QUE VOCE FALOU, NÃO É NADA GENIAL É BURRICE.

    MEDO DE ERRAR É ALGO RUIM, E A PESSOA TEM QUE NÃO TER MEDO, SIMPLESMENTE NÃO SE IMPORTAR COM ERRAR OU NÃO ERRAR PRONTO.

    bando de viajão filho da puta.

Deixe uma resposta