Arquivo mensais:março 2007

Crueldade com os animais

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

“Lembro-vos também de que na luta contra o Homem não devemos ser como ele. Mesmo quando o tenhais derrotado, evitai-lhe os vícios. Animal nenhum deve morar em casas, nem dormir em camas, nem usar roupas, nem beber álcool, nem fumar, nem tocar em dinheiro, nem comerciar. Todos os hábitos do Homem são maus. E, principalmente, jamais um animal deverá tiranizar outros animais. Fortes ou fracos, espertos ou simplórios, somos todos irmãos. Todos os animais são iguais.”

(George Orwell, “A Revolução dos Bichos”)

Automonarquia

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Não há transformação, revolução, luta, caminho. Você já é o monarca de sua própria pele – sua liberdade inviolável espera ser completa apenas pelo amor de outros monarcas: uma política de sonho, urgente como o azul do céu.

(Hakim Bey em Caos)

Insurreição

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

“A revolução não é o convite para um jantar, a composição de uma obra literária, a pintura de um quadro ou a confecção de um bordado, ela não pode ser assim tão refinada, calma e delicada, tão branda, tão afável e cortês, comedida e generosa. A revolução é um insurreição, é um ato de violência pelo qual uma classe derruba a outra.”

(Mao Tsé-Tung, O Livro Vermelho)

Será que tem que ser assim?

OBI2007 – Primeira fase

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Não divulgarei minhas soluções (aka gabarito… :p) até sexta-feira, que é quando os professores já vão ter enviado a prova para a comissão organizadora da Olimpíada Brasileira de Informática.

Ontem, sábado 17 de março, foi a primeira fase da OBI. Eu resolvi a Iniciação Nível 1 para me divertir, vi a prova da Programação Nível 1 (que a Carol resolveu, com uma noção de C muito boa adquirida em um mês) e solucionei a prova da Programação Nível 2. Só vou falar sobre ela por enquanto, depois crio outros posts para falar sobre as outras.

Pra começar, a prova estava fácil. Eu resolvi em duas horas. Isso foi uma opinião de todos que fizeram a prova. Creio que estava mais fácil que a do ano passado. O caderno de tarefas era composto por cinco questões:

  • Chocolate – Uma barra de chocolate é dividida várias vezes. O objetivo do programa é contar a quantidade de pedaços em que ela foi dividida. Basta ir pegando os números e ir somando-os -1.
  • Repositório – Uma lista de números de programas e a versão em que estão instalados num computador. Depois, uma lista de números de programas e a versão em que eles estão disponíveis na internet. Decidir que programas devem ser atualizados no computador (determinar sempre a maior versão) e imprimí-los.
  • Pastas – Dada uma lista de inteiros, verificar se os números aparecem a mesma quantidade de vezes (ex.: 1, 1, 2, 2, 3, 3 é válido; mas 1, 2, 2, 3, 3 não é).
  • Móbile – Interpretei como um problema de grafos. Sabe o que é um móbile? Você tem que ver se todos as peças de um mesmo “nível” tem a mesma quantidade de filhos. Eu fiz um BFS (busca em largura) para determinar o nível de cada um e depois foi só ver se todos de cada nível tinham a mesma quantidade de filhos.
  • Sacoleiro – Um cara quer comprar presentes para seus filhos. Em cada cidade há presente para um ou para outro, com preços diferentes. Ele quer ser justo. Seguindo um trajeto possível, passando por uma cidade e comprando um ou mais presentes ou até nenhum, qual a menor diferença possível entre os preços dos presentes? Sem dúvidas o problema mais difícil da prova (creio que o único difícil). Ainda não conheço a solução ideal, que deve usar programação dinâmica. Implementei um DFS (busca em profundidade) que testa todas as possibilidades.

No orkut já me disseram que cometi um erro ridículo:

No terceiro parágrafo do Repositórios, ele diz: “Um programa deve verificar então qual a versão de cada programa instalado nos computadores (todos eles possuem os mesmos aplicativos instalados e nas mesmas versões) e INSTALAR TODOS AQUELES QUE AINDA NÃO FORAM INSTALADOS ou cuja versão instalada seja anterior a versão mais recente.” Portanto, se um programa disponível na internet não está instalado nos computadores, ele deve ser instalado.

E meu Sacoleiro provavelmente não vai passar no tempo. Então espero 300 pontos e alguns quebrados.

O resultado sairá até o dia 7 de abril lá no site deles. Eu gero uma lista de classificação quando sair. :)

Bush na América Latina

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Fora Bush!

“O objetivo desta viagem é lembrar as pessoas dos laços que nos unem, e da importância desta região para o futuro dos Estados Unidos“, disse Bush, que tenta reverter a idéia de que os EUA estão negligenciando a América Latina. “Estou muito contente de estar aqui”.

Não está negligenciando, só está dizendo que a América Latina é importante para o futuro do seu país, não pro nosso futuro. Ao menos ele foi sincero…

Notícia completa no Terra

Estão acontecendo vários protestos por aqui contra a vinda do presidente Bush. Creio que tanto faz recebê-lo ou não; deixe ele estar onde quiser. Só creio que seja ridículo negociar a venda dos nossos recursos naturais. O esquema imperialista ianque é assim: “Eu te dou dinheiro e meus engenheiros fazem pesquisas no seu país. Seu país será muito bom para o futuro do mundo porque serviu de fonte para minhas pesquisas! Depois, o resultado dessas pesquisas será patenteado pelo meu país.”

Não vejo nossos políticos como pessoas de coragem, nem a nossa esquerda como esquerda de verdade. Então acabamos negociando com esses caras e ainda aceitando a oferta deles!

Por isso, o que resta ao povo fazer é apenas dizer: yankee imperialist go home!

Verdade absoluta

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

É fato que a história é sempre contada pelos vencedores, que tem um modo nem um pouco imparcial de interpretar os acontecimentos. A mesma pessoa que é considerada para um grupo traidora é para outro uma convertida. Este pré-conceito aconteceu diversas vezes na história do mundo e continua acontecendo na sociedade todos os dias.

“Nazistas filhos da mãe!” Frase muito comum no dia-a-dia da civilização ocidental. Se os alemães tivessem vencido a Segunda Guerra Mundial pensaria-se o mesmo? Os Estados Unidos, com suas técnicas expansionistas e imperialistas, cometeram vários genocídios tão cruéis como o holocausto: bombas nucleares no Japão, guerra no Iraque, recusa do Protocolo de Kyoto que torna o fim do mundo mais próximo que nunca. Quem são os “mocinhos”?

Algum tempo depois, no período histórico conhecido como Guerra Fria, houve uma perseguição implacável aos comunistas pelos EUA. Curioso o fato de estes mesmos comunistas “malvados” terem sido bonzinhos algumas décadas antes quando lutaram pela União Soviética junto aos americanos contra a Alemanha e o nacional-socialismo.

Como escreveu Leonardo Boff, “o ponto de vista é a vista de um ponto”, nunca é imparcial. O indivíduo não é bom ou mau, mas as pessoas a sua volta é que o nomeiam de acordo com as suas crenças e suas idéias. A história deve estudar somente os acontecimentos reais sem preconceitos para que cada um possa tirar as suas conclusões e criar uma opinião sem manipulação e sem a habitual lavagem cerebral.

Nota para a dissertação: 7 – Vote nos comentários!

Que calor!

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Aquecimento global
Nosso planeta vai derreter…

A mudança climática global está acontecendo mais rápido do que era previsto e o impacto é pior do que o esperado, segundo informações da segunda parte de um relatório da Organização das Nações Unidas ainda não publicado, mas que o site Spiegel Online teve acesso. Nenhuma região do planeta será poupada e algumas serão especialmente atingidas.

Segundo o documento, a influência humana nos últimos 30 anos teve um efeito perceptível em muitos sistemas físicos e biológicos, escreveu o autor da segunda parte do Relatório de Mudanças Climáticas 2007, ainda não publicado.

O Painel Intergovernamental de Mudança Climática (IPCC na sigla em inglês) está convencido de que o aquecimento global já está fazendo o planeta suar. A segunda parte do relatório será apresentada apenas em abril, em Bruxelas, após as discussões finais com representantes de governos de todo o mundo. O estudo deve ter um grande impacto político no debate em andamento sobre a mudança climática.

Notícia completa: Impacto da mudança climática é maior que imaginado

Os conservadores estadounidenses continuam a defender que o efeito estufa não tem nada a ver com o aquecimento global. Concordo com eles que é verdade que não é o Efeito Estufa que colabora para o aquecimento global. Mas dizer que o efeito estufa não colabora para o aquecimento global contraria o que eu já aprendi em física sobre passagem de calor.

Segundo os direitistas, a liberação dos gases é só boa para a evolução e não é ruim para ninguém. Na visão da política imperialista que não está nem aí pro futuro (ou será que realmente ela acredita no que fala e contraria as leis da física?), o importante é a expansão e o desenvolvimento – e foda-se o resto.

Os Estados Unidos são responsáveis por 25% das emissões de gás carbônico do mundo, mesmo só tendo 5% da população do mundo. Acreditando que o efeito estufa é fantasia e que o mundo nunca acabará, eles se recusaram a assinar o Protocolo de Kyoto e ainda influenciaram outros países, como a Austrália, a fazer o mesmo.

Bush e o Protocolo de Kyoto
In God we trust

Como disse o presidente venezuelano Hugo Chávez, os políticos americanos põe o mundo inteiro em risco.

Porém, a Caroline está certa. Infelizmente não adiantam manifestações e nem mesmo escrever sobre isso. Os nossos colegas da Casa Branca não estão nem aí pra nós. Pelo menos já que o aquecimento global é um problema de todos, nós também podemos fazer algo pra mudar esse quadro. O Greenpeace traz sugestões muito interessantes que gostaria de compartilhar com vocês:

  • Economize energia elétrica: não guarde alimentos quentes na geladeira, use lavagem a frio na máquina de lavar, troque lâmpadas incandescentes por fluorescentes;
  • Dispense sempre que puder os saquinhos plásticos, e quando não for possível, reutilize-os para armazenar o lixo;
  • Separe os materiais recicláveis e incentive a coleta seletiva no seu condomínio, bairro ou cidade;
  • Use sempre materiais de limpeza biodegradáveis;
  • Ao comprar produtos de madeira, verifique sempre a origem e exija o selo FSC;
  • Peça e ofereça carona, além de divertido, você contribui para diminuir a poluição.

Tudo isso é possível, nada disso é complicado e nada disso nos custará muito. O que vocês acham de adotar essas medidas? Quem sabe assim conseguimos evitar uma realidade que realmente parece fantasia:

A Organização das Nações Unidas estima que 150.000 pessoas morrem anualmente por causa de secas, inundações e outros fatores relacionados diretamente ao aquecimento global. Estima-se que em 2030, o número dobrará.

Além do óbvio

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Garotas libanesas ricas

Segundo o Word Press Photo, um grupo de garotas libanesas ricas passeando com um carro conversível por um bairro destruído por um bombardeio israelense.

Encontrado no Bender Blog.

Conservapedia

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Conservapedia: A conservative encyclopedia you can trust.

Conservapedia has over 3,800 educational, clean and concise entries on historical, scientific, legal, and economic topics, as well as more than 350 lectures and term lists. There have been over 633,000 page views and over 15,700 page edits. Already Conservapedia has become one of the largest user-controlled free encyclopedias on the internet. This site is growing rapidly.

Conservapedia is a much-needed alternative to Wikipedia, which is increasingly anti-Christian and anti-American. On Wikipedia, many of the dates are provided in the anti-Christian “C.E.” instead of “A.D.”, which Conservapedia uses. Christianity receives no credit for the great advances and discoveries it inspired, such as those of the Renaissance. Read a list of many Examples of Bias in Wikipedia.

Conservapedia is an online resource and meeting place where we favor Christianity and America. Conservapedia has easy-to-use indexes to facilitate review of topics. You will much prefer using Conservapedia compared to Wikipedia if you want concise answers free of “political correctness”.

Se eu não passasse o link, você teria toda a razão do mundo pra acreditar que é brincadeira minha. Pra mim, tá na cara que isso é plágio da Desciclopédia. Leiam e confiram as pérolas, já aproveitem e adicionem mais conteúdo cristão e americano.