Yankee imperialist, go home!

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 11 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Bush caused September 11

[…] o senhor Presidente [Bush] veio lhes falar, assim o disse: “Hoje quero falar diretamente às populações do Oriente Médio, meu país deseja a paz…”. Isso é certo. Se nós andamos pelas ruas do Bronx, se nós andamos pelas ruas de Nova York, de Washington, de San Diego, da Califórnia, de qualquer cidade, de San Antonio, de San Francisco, e perguntamos às pessoas nas ruas, aos cidadãos estadunidenses. Este país quer paz. A diferença está em que o governo deste país, dos Estados Unidos, não quer a paz, quer nos impôr seu modelo de exploração e de saque, e sua hegemonia na base das guerras.

(discurso de Hugo Chávez na ONU em setembro de 2006)

Não é um discurso novo, mas por sugestão da Caroline eu acabei de ler e adorei. Inclusive me deu vontade de ler o livro de Noam Chomsky.

Nos links abaixo você pode ler o discurso de Chávez na íntegra:

Vale a pena também ler este excelente artigo da Cabala sobre os estadounidenses: Hitler era um cara legal ou realidade para otimistas idiotas

O país que se diz o mais democrático do mundo é o máximo. As idéias da ONU são lindas, mas o seu poder é nulo (os EUA fazem o que eles quiserem). Os EUA usam a ONU para proibir os outros países de fazer coisas que eles fazem sem a permissão de ninguém. Aí acontecem os genocídios, como as bombas nucleares no Japão e as guerras no Oriente Médio.

Nós, enquanto povo, não temos poder nenhum. Essa história de democracia = demo + cracia = poder do povo é uma piada pouquíssimo engraçada, que não cola. Enquanto os governantes do resto do mundo não se revoltarem contra o imperialismo norte-americano e assumirem uma postura como a de Chávez, não haverá mudanças. E isso é ridículo, porque os EUA, além de destruírem culturas, estão destruindo nosso planeta.

Alguma idéia?

4 comentários sobre “Yankee imperialist, go home!

  1. Alguma idéia?
    Idéias?
    Tenho várias, ineficases e totalmente Suicidas. Servem? não né? ahh, uma pergunta Idiota, m Civil, tem como Processar a ONU por essa “vista Grossa” que eles tem sobre tudo oque Tio SAM faz?
    Não Também?
    Ahhhh, podemos apelar p/ Petição Online também, nao sei se adianta algo…

    abrçss

  2. O discurso é forte, hein!!! Fico revoltada que esse tipo de coisa tem pouquíssima repercussão… Legal que tu leu.
    A idéia de democracia virou uma grande máscara para o autoritarismo legitimado. Democracia atualmente não é, de forma alguma, sinônimo de igualdade ou justiça (o que é justiça, afinal?). Por ser a forma de governo onde “a maioria escolhe”, ele continua sendo autoritário para as minorias…como sempre. Nelson Rodrigues já dizia: “A unanimidade é burra!”
    Essa vontade da maioria, expressa atualmente através do voto .é uma vontade direcionada, construída, totalmente influênciada e, portanto, servindo aos interesses específicos de quem tem força para influênciar…
    Sugestões? Mudança…. Como? Não sei, mas gostei da referência feita ao Leonardo Boff…

Deixe uma resposta