Crash – No Limite

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 10 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Além de publicar livros com o tema parecido com o do Mal Vicioso, resolvemos publicar também sugestões de filmes. Para estrear a categoria, escreverei sobre o filme Crash – No Limite.

Crash - No Limite
  • Nome original: Crash
  • Diretor: Paul Haggis
  • Nacionalidade: Estados Unidos
  • Link para o IMDB

You think you know who you are. You have no idea.

Vencedor na categoria de melhor filme do Oscar, Crash é um filme que nos faz pensar sobre como um fato isolado pode mexer com a vida de várias pessoas. Não no estilo de “Efeito Borboleta”, mas na vida de pessoas normais de Los Angeles.

A temática é um pouco pesada, abordando de maneira muito interessante alguns assuntos como o preconceito inconsciente e a hipocrisia das pessoas. No filme várias histórias se passam ao mesmo tempo; com personagens que, a medida que os fatos acontecem, se interligam.

Sem dúvidas um dos melhores filmes que eu já assisti! Vale a pena comprar ou locar. ;-)

Um comentário sobre “Crash – No Limite

  1. vi o filme pra fazer um trabalho de especialização. Achei um pouco fora de contexto, isto é, fora do objetivo que, creio eu, seja abordar o preconceito racial, pois sabe-se que apesar das leis que punem o racismo, tudo de ruim que acontece é o negro que faz (principalmente se for pobre) e isto fica confirmado quando ocorre o assalto ao promotor e sua esposa( ela declaradamente racista e ele tentando mostrar apenas uma imagem contrária à dela por motivos políticos).Há também o comodismo de não denunciar por motivos diversos, mas que não justificam. Existem outros pontos no filme que reforçam os preconceitos.Não quero dizer com isso que o filme seja ruim. muito pelo contrário, acho que vale a pena vê-lo.

Deixe uma resposta