Dor de cabeça

ATENÇÃO: Este conteúdo foi publicado há 11 anos. Eu talvez nem concorde mais com ele. Se é um post sobre tecnologia, talvez não faça mais sentido. Mantenho neste blog o que escrevo desde os 14 anos por motivos históricos. Leia levando isso em conta.

Anteontem formatei o laptop e instalei o slamd64. Por ordem de prioridade, lá vão os problemas…

Problema 1: placa ATI Radeon Xpress 1100. O “ati” do Xorg não suporta. Eu não consigo instalar os drivers proprietários. Baixei lá do site da ATI e rodei normalmente o arquivo e ele não abre o instalador gráfico que deveria abrir:

root@laptop:~# ./ati-driver-installer-8.32.5-x86.x86_64.run 
Creating directory fglrx-install
Verifying archive integrity... All good.
Uncompressing ATI Proprietary Linux Driver-8.32.5........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................
==================================================
 ATI Technologies Linux Driver Installer/Packager 
==================================================
Detected configuration:
Architecture: x86_64 (64-bit)
X Server: X.Org 6.9.x 64-bit
Removing temporary directory: fglrx-install
root@laptop:~#

(e, sim, não estou em root por su, o que poderia fazer eu não ter um DISPLAY, mas entrei no X como root mesmo)

Essa série 1100 parece ser nova porque há pouca informação sobre ela na internet. Alguém sabe ajudar?

Sem configurar a placa, não consegui usar 1280×800, aí tudo está “gordo” e desfigurado, porque estou usando 1024×768 num monitor widescreen (driver vesa).

Problema 2: 64 bits. Firefox com Flash, codecs proprietários do mplayer, Java. Achei que fosse mais fácil… O hlegius fez um comentário bem pessimista lá no outro post… E ele tem razão. Estou com o live-cd do Gentoo amd64 baixado esperando um CD virgem pra gravar (devo comprar hoje a tarde), todo mundo fala bem do Gentoo pra 64bits. Ainda tô baixando também o Ubuntu pra 64bits pra ver como é que é…

Eu não sei como se faz pra emular um subsistema de 32bits pra rodar Flash por exemplo. Depois também vou precisar de ajuda… mas a prioridade agora é o monitor mesmo.

Problema 3: Resto do hardware. Gravador de DVD, webcam, wireless. Nunca useu nenhum dos três. Vai ser uma experiência nova super divertida, com mais dor de cabeça ainda.

Problema 4: Teclado. Depois tenho que dar uma olhada no Xmodmap (acho que é isso que eu tenho que usar) pra fazer o ponto de interrogação (Altgr+W) funcionar.

Problema 5: O som hdaudio funciona, mas dá um monte de erro quando o udev detecta e inicia o alsa. Depois tenho que verificar…

Conclusão: Pelo visto esse mês (no mínimo) vai ser só dor de cabeça. Mas o aprendizado com certeza vai ser grande. ;) Quem já tiver passado por esses problemas e quiser me ajudar nessa aventura será muito bem recompensado (por Deus ou algum cara assim que você acreditar, porque meu dinheiro acabou na compra desse laptop… hehehe).

8 comentários sobre “Dor de cabeça

  1. É… eu tenho um Desktop Athlon 64 e tb tive problemas. Até instalei a versão 64 bits, mas depois voltei para a 32, pois eram muitas coisas que estavam dando dor de cabeça!

    Eu tb tive problemas com o vídeo, ams eu tenho uma nVidia. Será que é algum problema com o processador? Nunca pensei nisso, mas vai saber… boa sorte! :D

  2. Salve Tiago!
    Pessimista, não, realista! hehehe…

    Problema do vídeo: Você baixou o driver para 64bits ? =)

    Problema 2: Sim, teria que baixar vários pacotes que seriam emuladores para fazer seu bash suportar 32bits, para daí baixar emulador para: libc, glibc, bash e Firefox, para depois sim, baixar o FF e fazer ele rodar. O Gentoo resolve, pois ele tem todos esses caras que eu falei nos repositórios deles. basta dar um emege (alguma coisa que eu não me lembro) firefox-bin que ele baixa a versão 32bits. Dá para fazer na mão, mas eu não tive essa coragem =) Quando ao Ubuntu, não curti ele… ele vem com FF 64bits, logo, não adianta de nada sem falar que eu particularmente odeio apt[..]

    Problema 3: Não é problema, é um aprendizado ;) Tu vai apanhar ? Sim, um bocado! Mas no fim tudo funfa… dica ? Canal IRC. #slackware-br em freenode, ou #slackware na brasnet ;)

    Problema 4: Nunca passei por algo assim, ainda!

    Problema 5: hmm… meu som é intel8x0 .

    Quanto ao comentário acima: Felipe, estou usando os drivers proprietários da Nvidia no meu 64bits e funciona de boa. Se seu sistema for 32, baixe para 32, se for 64 baixe para 64.

    Aí, Tiago, qualquer coisa só dá um toque … tô lá pelo GTalk direto!
    Boa sorte aí!

  3. “(e, sim, não estou em root por su, o que poderia fazer eu não ter um DISPLAY, mas entrei no X como root mesmo)”
    Deixa eu falar. Instale sem subir o X, ou seja, antes de iniciar o X, faça no console mesmo ;)
    O da Nvidia não funciona se o X estiver rodando!

  4. Deixa eu falar. Instale sem subir o X, ou seja, antes de iniciar o X, faça no console mesmo ;)
    O da Nvidia não funciona se o X estiver rodando!

    Meu laptop antigo tinha uma Radeon 320IGP M e eu instalei os drivers proprietários da ATI, e com o X ligado. ;) Mas vou tentar pra ver se ele não tem alguma instalação de modo texto…

    Problema do vídeo: Você baixou o driver para 64bits ? =)

    Sim… :-) veja até pelo nome do arquivo: …x86_64.run ;)

    O que eu tô vendo no FAQ do site da ATI é que precisa ter um monte de biblioteca, algumas especificamente a 64bits, pra esse fglrx funcionar. Vou ter que checar uma por uma e quem sabe isso funciona…

    Valeu hlegius!

  5. “Sim… :-) veja até pelo nome do arquivo: …x86_64.run ;)”
    Vish que mancada… nem vi hehehehe…
    Hmmm… o da ATI é em modo gráfico… sakei! O da nVidia é em texto =)

    aaah! para web cam você irá precisar de um cara chamado spca . Ele é um driver genérico que serve para uma porrada de cameras e placas de captura … Google nele fio! Eu instalei algumas poucas vezes pela vida a fora, e sempre usava ele como driver… depois só baixar um programinha para usar esse driver. Eu usava um em GTK (pois curto Gnome) mas não lembro o nome de cabeça … e no aMSN e Mercury funfavam legal!

    Outra coisa: como tu faz essa barrinha verde de citação ? Que tag usa aqui para fazer essa paradinha hauiehae…
    E, isso é WordPress ? =P Tô pensando em instalar um ao invés de fazer um blog na mão novamente …

  6. Sei lá, acho que o suporte a 64 bits em máquinas para uso não-empresarial ainda é muito cru em todas as plataformas. Talvez linux esteja na frente, mas eu tive problemas ao tentar instalar uma distro 64 aqui (o meu note é Intel Core 2 Duo). No final, acabei ficando com Ubuntu normal mesmo. Acho que é difícil precisar dos 64 bits, e aplicativos de uso intensivo do processador já implementam chamadas diretas quando precisam, mesmo em ambiente 32 bits.

Deixe uma resposta